O PVC

APLICAÇÕES O INSTITUTO PUBLICAÇÕES NOTÍCIAS LINKS

Venezianas industriais em PVC

Outras notícias 2002

Outros anos


Venezianas industriais em PVC

venezia2.jpg (17371 bytes) No Brasil, cerca de 70% do PVC produzido é destinado ao setor construtivo. Hoje, e possível contar com uma infinidade de sistemas e componentes plásticos em diversas fases da obra. E quando se trata de acabamento, a preocupação é ainda maior, sobretudo porque nesta fase tempo e custo são itens relevantes do projeto.

A exemplo, durante anos, uma das maiores dificuldades enfrentadas pela construção foi a confecção de caixilhos convencionais em estruturas metálicas. Mediante esta necessidade foram desenvolvidas as venezianas industriais em PVC rígido.


Desenvolvido ha 25 anos, esse tipo de sistema e destinado ao fechamento de vãos de ventilação, iluminação de sheds, lanternins, platibandas, oitões e paredes laterais de edifícios industriais e comerciais, permitindo a circulação permanente do ar nos ambientes onde são aplicados.

As venezianas são compostas por aletas horizontais. Os montantes verticais, responsáveis pelo travamento das aletas, são fabricados em aço galvanizado, chapas de aço pré-pintado, alumínio ou em PVC.

venezia1.jpg (9604 bytes)

Composição

A principal característica técnica do PVC (policloreto de vinila), para essa aplicação, é que a partir da composição do material e possível filtrar 100% dos raios ultravioletas e 50% dos raios infravermelhos. A solução torna o ambiente mais agradável, além de permitir uma iluminação difusa.

Caraterísticas

Feitas sob medida, as venezianas podem ser translúcidas ou opacas, em diversas cores e tamanhos de aletas. As aletas fabricadas em PVC são dobradas para aumentar a resistência às deformações, além de impedir infiltrações de água de chuva no ambiente interno.

Instalação

venezia3.jpg (11484 bytes)

Na montagem dos módulos, que não ultrapassam a largura de 1.250 mm, a fixação das aletas nos montantes é feita com rebites aplicados sob pressão com arruelas de reforço em latão estampado na parte interna, o que permite um conjunto mais leve e rígido. Para isso e necessária a utilização de ferramentas como furadeira e chave de fenda.

Para a fixação em vigas de concreto ou metálicas, utiliza-se grapas com furos, que facilitam as regulagens vertical e horizontal dos módulos.

A associação das aletas e montantes, nos vários materiais em que são fabricados, é de livre escolha do cliente, dependendo da especificação ou das características do local onde será aplicada a veneziana. O sistema de veneziana industrial é indicado para qualquer tipo de parede, inclusive pode ser instalado quando a edificação já estiver pronta.

Vantagens

Esse tipo de fechamento substitui os caixilhos convencionais de ferro e alumínio, pois oferece excelente iluminação e circulação natural de ar no ambiente. A solução também se apresenta mais segura e econômica em relação ao vidro, além disso a garantia oferecida pelo fabricação e de cinco anos.

Aplicação

As venezianas industriais podem ser empregadas em projetos de fabricas, colégio, ginásios poliesportivos, estaciona- mentos, supermercados ou shoppings centers, entre outros locais.

Bullet3.gif (148 bytes) Tipo Shed: Projetada para ser aplicada de maneira mais prática possível, com a uniformização do fluxo de ventilação, a veneziana proporciona melhores condições de trabalho. Os módulos são leves e de fixação simplificada, dispensam vários perfis que formariam os caixilhos convencionais para ventilação.

Bullet3.gif (148 bytes) Aplicação no lanternin duplo: Nas estruturas compostas por lanternin duplo, a veneziana se encaixa com os elementos da cobertura: rufos, cumeeiras e terminais, de qualquer tipo ou marca, evitando infiltração de água.

Bullet3.gif (148 bytes) Fechamento entre viga e telha: O sistema de veneziana industrial e adaptável a fechamentos laterais executados com telhas metálicas ou de fibrocimento, sem exigir recursos especiais da estrutura. Sobre alvenaria ou vigas de concreto, assenta-se sobre rufos, permitindo um acabamento seguro contra infiltração.

Bullet3.gif (148 bytes) Fechamento tipo platibanda: Nos fechamentos laterais pode-se obter uma linha continua dos módulos, sem a interrupção das colunas, aplicando a veneziana rente à face externa e fixando-se as grapas em longarinas colocadas entre as colunas da estrutura.

Obras executadas com o uso de venezianas industriais de PVC

Mercedes Benz, Audi, Xerox, Rohm Haas, Usiminas, Ache, ICEC, Racional, Hochtief, Colgate, GE, Brasmotor, ltauplan, Duratex, Fazenda Holambra, Armco e TAM.

Economia

O material translúcido admite a entrada de luz natural no ambiente interno. Neste sentido, a instalação de venezianas industriais pode acarretar em uma significativa redução no consumo de energia elétrica.

Manutenção

Uma das principais vantagens do sistema e que dispensa cuidados com manutenção. A limpeza periódica pode ser feita apenas com o uso de água, sabão e um pano limpo.

Resistência ao fogo

O PVC aplicado nas venezianas não e inflamável. No caso de uma eventual carbonização, por ser auto-extinguível, cessa tão logo não seja mais submetido a ação direta de chamas, sem a formação de gotas incandescentes.

Resistência a agentes químico e naturais

Em geral, o produto se mostra resistente a gases industriais, detergentes usuais, graxas e óleos, bem como a fungos e bactérias. Também permanece inalterável a corrosões, intempéries e ao ar marítimo. Em contato com materiais comumente usados na construção civil, tais como cimento, cal, gesso, entre outros, a veneziana permanece intacta.

Fonte: Téchne n° 61 - Coluna: Tecnologia
Colaboração - OPP/Trikem e Editora Pini.

print.gif (1597 bytes)


[ Página Principal ] [ O PVC ] [ Aplicações ] [ O Instituto ] [ Publicações ] [ Notícias ] [ Links ]